Corredor Gordinho Tem Mais Saúde que o Magrinho Sedentário

Categoria: Colunistas
Publicado: Terça, 15 Agosto 2017
Escrito por Luis Carlos Moraes

Se observarmos a chegada de uma prova acima de 5km com um número grande de participantes certamente vamos assistir muitos “gordinhos” chegando à frente de muitos magrinhos. E mais, chegam “inteiros” como se diz no popular sem expressão de sofrimento queimando a língua de muita gente que pensa que gordinho não pode correr.

Eu Sou o Comandante da Minha Alma

Categoria: Colunistas
Publicado: Quarta, 25 Junho 2014
Escrito por Luiz Carlos Moraes
Eu Sou o Comandante da Minha Alma

Um dos filmes que recentemente assisti que me tocou bastante foi INVICTUS que conta a história de Nelson Mandela depois da prisão eleito presidente da República da África do Sul com o país racista e economicamente dividido pelo apartheid. Mandela usou a Copa do Mundo de Rúgbi realizada no país para unir o povo esquecendo as diferenças raciais e econômicas. Muitos esperavam que o presidente negro depois de 30 anos na prisão fosse se vingar daqueles que o condenaram. Entretanto, com habilidade e inteligência, qualidades que classificam um líder, foi tomando decisões acertadas que revolucionaram o país mesmo contra as opiniões de seus próprios assessores diretos. Mandela usava como lema: "Eu sou o comandante da minha alma".

Você corredor, amigo leitor, deve estar se perguntando. E o isso tem a ver com a corrida?

Vontade de Correr Pode Ter Explicação Genética

Categoria: Colunistas
Publicado: Segunda, 09 Junho 2014
Escrito por Luiz Carlos Moraes
Vontade de Correr Pode Ter Explicação Genética

Vejam só. Um certo Dr. Frank Booth conduzindo uma pesquisa na Universidade de Missouri descobriu que a vontade natural de correr e/ou fazer exercício pode vir de um fator genético. Ou seja, porque será que algumas pessoas com todos os motivos para não fazer exercício insistem em fazer e outras com todas as oportunidades não fazem? O Dr. Booth isolou um grupo de ratos numa gaiola com a conhecida roda para ficar correndo e observou que somente alguns ratos naturalmente procuravam a roda para ficar correndo e outros não se interessavam. O passo seguinte foi estudar a diferença do cérebro de cada grupo e descobriu que a área chamada expressão gênica que é responsável pela sensação do prazer é mais desenvolvida no grupo que gosta de fazer exercício. A razão de o grupo sedentário não se interessar pelo exercício se deve por essa diferença nesse campo do cérebro.

Corrida Pode Evitar Câncer de Próstata

Categoria: Colunistas
Publicado: Sexta, 23 Maio 2014
Escrito por Luiz Carlos Moraes
Corrida Pode Evitar Câncer de Próstata

O grande temor dos homens é o câncer de próstata que tem um forte potencial genético. Entretanto, a revista "Medicine & Science in Sports & Exercise” publicou na edição de outubro de 2008 um estudo mostrando que a corrida de dez quilômetros pode evitar o câncer de próstata em homens acima dos 50 anos. Ficou comprovado que quanto mais rápido e melhor condicionados são esses corredores mais se evita o crescimento benigno da próstata. O estudo envolveu mais de 28 mil homens durante oito anos tornando o estudo não desprezível.

Até hoje o assunto estava mais no campo da especulação porque vários médicos já haviam observado que corredores de média e longa duração têm menos câncer de próstata do que o mesmo grupo de homens sedentários e não sabiam o porquê. Agora tem estudo e não é uma simples coincidência. Embora a pesquisa tenha sido feita com corredores já se sabe que qualquer atividade aeróbia de moderada a alta intensidade tem o mesmo benefício.

Exercício Avanço é Bom para os Glúteos e Posteriores de Coxa

Categoria: Colunistas
Publicado: Quarta, 30 Abril 2014
Escrito por Luiz Carlos Moraes
Glúteos e Posteriores de Coxa

No atletismo os glúteos dos velocistas e saltadores são bem desenvolvidos razão suficiente para comprovar que esse grupo muscular é de característica de força e explosão. Na evolução do ser humano os glúteos se desenvolveram para facilitar o movimento da corrida a partir do Australopithecus que corria para caçar e/ou fugir dos predadores.

Pois bem. Um dos bons exercícios destinados aos glúteos é o chamado avanço indevidamente prescrito visando só o quadríceps. Na verdade ele recruta sim, os glúteos, os isquiocrurais, o quadríceps o reto do abdome e os oblíquos externos do abdome. A gente sabe que os melhores ganhos de força e hipertrofia muscular são conseguidos com trabalhos em que haja grandes amplitudes no movimento. Ou seja, quando o músculo está mais alongado no maior momento de força como é o caso nesse exercício dos isquiocrurais e todo o grupo dos glúteos.