Jornalista do Global Cycling News compra corrente Shimano falsificada

Comprar uma peça que se diz original pela internet e receber uma falsificação é uma experiência comum. Recentemente, o jornalista Alex Paton, do site britânico Global Cycling News (GCN), foi vítima desse golpe. Ele comprou, de um vendedor na Amazon, o que acreditava ser uma corrente genuína da Shimano. 

No entanto, quando o produto chegou, ele descobriu que se tratava de uma falsificação, ainda que embalada para parecer original. Uma análise mais detalhada da caixa da corrente mostrou que o nome da marca era diferente e visível apenas na parte posterior da embalagem. Além disso, o código do item apresentava uma letra diferente: o produto falsificado utiliza o código CN-HC701-11, enquanto o original aparece CN-HG701-11.

Jornalista do Global Cycling News compra corrente Shimano falsificada

“Se uma roupa falsificada desmontar, não representa risco de morte ao ciclista. Ao contrário de componentes como guidão, corrente, quadro etc que podem causar danos realmente graves”, diz um lojista entrevistado por Paton. 

Identificar esses sinais não seria uma tarefa difícil se pudéssemos visualizar o produto fisicamente. No entanto, ao realizar compras online, essa tarefa é complicada. Portanto, a maneira mais eficaz de não comprar falsificações é optar por comprar de varejistas confiáveis e também de grandes redes de venda pela internet.

Política de Cookies
Política de Cookies

Usamos cookies em nosso site para melhorar sua experiência. Ao clicar em "Aceitar Tudo", você concorda com o uso dos cookies. Pode ainda clicar em "Politica de Privacidade" para conhecer como tratamos esse assunto.

Papaleguas

Siga-nos!

Canais de Atendimento

Horário Comercial

Seg-Sex 9:00-18:00
Sab 9:00-13:00

São hs. no Rio - 🇧🇷